Política

Cavaco Silva diz ser necessário insistir na defesa de um entendimento partidário

Cavaco Silva diz ser necessário insistir na defesa de um entendimento partidário

O Presidente da República, Cavaco Silva, afirmou, esta sexta-feira, que um entendimento partidário "é tão importante para o futuro dos portugueses que é fundamental insistir" para que seja alcançado, adiantando que não desistirá de fazê-lo.

"Já uma vez escrevi e afirmei que é difícil mudar as atitudes dos partidos. Há uma história atrás de cada um deles, parecem existirem interesses particulares que se sobrepõem aos interesses nacionais. E por isso nós devemos não aceitar esta situação, eu não vou resignar-me", afirmou Cavaco Silva aos jornalistas, no Porto.

Falando à margem da cerimónia de inauguração do edifício central do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC), Cavaco lamentou que no ano passado, em julho, os partidos do "chamado arco do governo", "à última da hora e de forma inexplicável", não tivessem alcançado um acordo.

"O país estaria diferente, o país estaria melhor", disse.

"Temos que continuar a trabalhar para que as tais idiossincrasias partidárias sejam rogadas para segundo plano e as atitudes sejam semelhantes aquelas que acontecem nos outros países da União Europeia", disse.

O chefe de Estado defendeu ser importante contribuir "para reduzir o nível de crispação, de tensão político-partidária e de agressividade de linguagem entre as diferentes forças políticas, porque nesse caso, agora e no futuro, será difícil entendimento".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG