Política

Ana Manso devolve marido para evitar demissão

Ana Manso devolve marido para evitar demissão

Ana Manso, acusada de favorecer o marido, tenta travar a iminente demissão da Unidade Local de Saúde da Guarda com todos os seus trunfos políticos e o regresso de Francisco Manso a Castelo Branco.

A ex-deputada do PSD protagonizou, esta semana, uma jogada política que está a ser interpretada como uma tentativa desesperada para evitar a sua demissão de presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda, dada como iminente no gabinete de Paulo Macedo.

Ana Manso requereu, a 28 de dezembro de 2011 (15 dias depois de ter tomado posse), a transferência do marido (Francisco Manso) da ULS de Castelo Branco para Guarda e, logo depois de a cedência ter sido aprovada pelo Ministério da Saúde, nomeou o marido para auditor das contas do órgão a que preside. A polémica estalou e, no espaço de 48 horas, Francisco Manso foi nomeado e destituído da função de auditor.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG