PS

António Costa mostra a Passos Coelho "quem gere bem e quem gere mal"

António Costa mostra a Passos Coelho "quem gere bem e quem gere mal"

O secretário-geral do PS disse, este sábado, em Santarém, que enquanto diminuiu a dívida da Câmara de Lisboa em 40% o Governo liderado por Passos Coelho aumentou em 18% a dívida herdada do anterior executivo socialista.

António Costa falava no encerramento do Encontro Nacional de Autarcas Socialistas que decorreu no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, e do qual saiu o que designou por "primeiro capítulo" do programa de governo do partido.

Referindo a entrevista ao primeiro-ministro publicada pelo semanário Expresso, na qual Passos Coelho afirma que votar no PS representará regressar às políticas do passado, o líder socialista convocou a sua experiência autárquica, comparando a evolução da dívida do município e a do país, para afirmar que "esta é a diferença de quem gere bem e de quem gere mal".

"Na entrevista ao Expresso [o primeiro-ministro] também resolveu comparar a ação governativa com a anterior ação governativa do PS. Digo ao senhor primeiro-ministro: sejamos práticos, se quer comparar o que fez com a dívida eu comparo o que fiz com a minha dívida. Eu reduzi a dívida que herdei em 40%, o senhor primeiro-ministro aumentou em 18% a dívida que herdou. Esta é a diferença entre nós e esta é a diferença de quem gere bem e de quem gere mal", afirmou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG