Política

BE reconhece: "Não foi um bom resultado"

BE reconhece: "Não foi um bom resultado"

Marisa Matias, a única deputada do Bloco de Esquerda eleita nas europeias deste domingo, reconheceu esta noite que este "não foi um bom resultado" e que o partido falhou o objetivo da eleição do segundo deputado, a que se propunha.

Numa declaração no Forum Lisboa, a cabeça de lista do BE atribuiu o falhanço desse objetivo ao facto de haver "vários fatores novos nestas eleições", entre os quais o aparecimento de "forças políticas novas que ocuparam espaços que estavam vazios", uma das quais o partido "Livre", fundado por um ex-eurodeputado do Bloco de Esquerda, Rui Tavares, que não citou.

Marisa Matias mostrou-se "muito preocupada" com o crescimento da Extrema Direita na Europa, mas congratulou-se pelo crescimento dos partidos de Esquerda nalguns países citando Espanha, França e Irlanda.

Aos que confiaram o voto no Bloco de Esquerda, deixou uma garantia: "tal como fizemos nos últimos anos, continuaremos a dar muito trabalho às forças da Direita na Europa", prometendo bater-se "muito vincadamente contra as políticas de austeridade".