dívidas

Câmaras com contas em dia recusam salvar falidas

Câmaras com contas em dia recusam salvar falidas

Autarcas de vários pontos do país estarão reunidos, esta terça-feira, na Câmara de Matosinhos, para concertar uma posição conjunta contra o Fundo de Apoio Municipal. Ganha corpo um movimento de contestação.

Dois municípios, Viana do Castelo e Sintra, avançaram com providências cautelares e outros começam a fazer ouvir a sua voz contra o fundo de assistência às autarquias em dificuldades. A reboque da indignação do presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa (PS), que invoca a "inconstitucionalidade" do Fundo de Apoio Municipal (FAM), o autarca de Matosinhos, Guilherme Pinto, assumiu-se anfitrião de um encontro para criar "um movimento de contestação".

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa