Política

Carnaval: Deputados do BE vão ao Parlamento

Carnaval: Deputados do BE vão ao Parlamento

Os deputados do Bloco de Esquerda vão participar nos trabalhos parlamentares na terça-feira de Carnaval, apesar de não concordarem com a decisão do Governo de não conceder tolerância de ponto.

Fonte do grupo parlamentar do BE justificou à Lusa que nesse dia está prevista a realização de comissões parlamentares e a eventual audição de membros do Governo.

"Mesmo não concordando com a ausência de tolerância de ponto, estaremos no Parlamento para fiscalizar e escrutinar a actividade do Governo", sublinhou a mesma fonte.

Também o PS e o PCP já tinham manifestado a intenção de comparecer nos trabalhos parlamentares, estando desta forma afastada a possibilidade de se repetir a situação vivida na Assembleia da República em 1993, quando o então primeiro-ministro Aníbal Cavaco Silva não deu tolerância de ponto no Carnaval e apenas compareceram na Assembleia da República os deputados do PSD.

Pela maioria, o PSD já disse que a terça-feira de Carnaval será um "dia de trabalho como os outros" e o CDS-PP considerou que seria mesmo "incompreensível" caso não se realizassem trabalhos parlamentares.

Questionado pela Lusa sobre a forma como a decisão do Governo de não conceder tolerância de ponto no Carnaval irá afectar os trabalhos parlamentares, a fonte do gabinete de Assunção Esteves respondeu que o assunto não foi discutido na última conferência de líderes e remeteu a sua discussão, caso seja suscitada por algum partido, para a próxima conferência de líderes, que se realizará no dia 15.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, anunciou na sexta-feira que o Governo não dará tolerância de ponto aos funcionários públicos no Carnaval, argumentando que "ninguém perceberia" que tal acontecesse numa altura em que o Executivo se propõe acabar com feriados.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG