Política

Cavaco Silva assobiado em Vila Nova da Barquinha

Cavaco Silva assobiado em Vila Nova da Barquinha

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, foi esta sexta-feira apupado por um grupo de populares que se concentrou junto ao Parque Ribeirinho de Vila Nova da Barquinha, Santarém, onde inaugurou o Parque de Escultura Contemporânea de Almourol.

As cerca de três dezenas de pessoas, que foram mantidas afastadas alguns metros da comitiva presidencial, exibiam cartazes com palavras de ordem contra a falta de médicos no centro de saúde de Alpiarça, a privatização da água e dos CTT e o encerramento de serviços públicos.

Os manifestantes concentraram-se no ponto inicial da visita, onde foram mantidos à distância, voltando a reunir-se junto ao local onde Cavaco Silva descerrou a placa de inauguração do parque.

"O Presidente da República prometeu cumprir a Constituição, onde consta o direito à saúde, e temos hoje a saúde cada vez mais longe e mais cara, provocando sofrimento aos doentes e às famílias", disse aos jornalistas José Manuel Soares, da Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo, exibindo cartazes onde se lia "a saúde está mais longe, a saúde está mais cara".

Numa visita marcada por forte presença policial e de seguranças, Cavaco Silva percorreu o Parque Ribeirinho de Vila Nova da Barquinha acompanhado pelo secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, parando junto de cada uma das 11 esculturas de artistas portugueses contemporâneos.

Alberto Carneiro, Ângela Ferreira, Carlos Nogueira, Cristina Ataíde, Fernanda Fragateiro, Joana Vasconcelos, José Pedro Croft, Pedro Cabrita Reis, Rui Chafes, Xana e Zulmiro de Carvalho são os artistas com peças instaladas na paisagem, num projeto que junta a Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha e a Fundação EDP.

A inauguração foi marcada por pequenas representações teatrais pela "Companhia XPTO".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG