Cavaco Silva

Cavaco Silva defende repovoamento agrário do interior do país

Cavaco Silva defende repovoamento agrário do interior do país

O presidente da República Cavaco Silva defendeu, este sábado, em Sabrosa, uma estratégia de desenvolvimento e um programa de repovoamento agrário do interior para combater o envelhecimento, o despovoamento e o abandono das terras.

Aníbal Cavaco Silva concluiu uma visita de dois dias a Trás-os-Montes onde, durante os quais foi confrontado com três pequenos protestos, ou melhor, três pedidos de ajuda. Passou por Mesão Frio, Mirandela, Alijó e Sabrosa e abordou temas como educação, saúde, solidariedade social e cultura.

Foi neste concelho duriense que defendeu que tem que haver no país "uma estratégia para a valorização do interior por forma a conseguir combater o envelhecimento das populações, o despovoamento, o abandono das terras e a queda da produção".

Estratégia essa que tem que ter como protagonistas os autarcas e os empreendedores locais, pela proximidade e melhor conhecimento das riquezas e produtos locais. Mas a estes, diz Cavaco, têm que se juntar também os poderes públicos que têm que "conduzir uma política que favoreça a instalação e a permanência das empresas".

"É preciso que os poderes públicos prestem uma atenção particular ao mundo rural", salientou.

Por isso mesmo, o Chefe de Estado defendeu que é também necessário desenvolver um "programa de repovoamento agrário", criando condições para que os jovens sejam atraídos para a agricultura e se instalem como empresários agrícolas.

"É preciso fazer os possíveis, utilizando fundos comunitários, para um verdadeiro repovoamento agrário do interior do nosso país, porque se partirem os agricultores então quem fica", questionou Cavaco Silva.

Mas é também preciso, acrescentou, que no interior do país existam "cidades fortes, que sejam polos de desenvolvimento para toda a região".

E, em pleno Douro Património Mundial da Humanidade, o Presidente da República sublinhou a importância de se aproveitar esta "beleza paisagística" e de a "projetar" para "atrair mais visitantes".

Na terra natal de Miguel Torga, escritor com quem o Presidente da República diz que aprendeu a conhecer Trás-os-Montes, Cavaco Silva visitou ainda o Espaço Torga, uma obra de homenagem ao autor e que foi projetado por Souto Moura.