Política

CDS-PP diz que moção de censura do PS ao Governo é uma precipitação

CDS-PP diz que moção de censura do PS ao Governo é uma precipitação

O líder parlamentar do CDS-PP, Nuno Magalhães, considerou, esta sexta-feira, que a moção de censura anunciada pelo PS ao Governo é "uma precipitação do ponto de vista do interesse nacional".

Nuno Magalhães contextualizou o momento em que o PS anunciou a intenção de apresentar uma moção de censura ao Governo, lembrando que dentro de duas ou três semanas Portugal irá "negociar os termos e o modo" como irá reembolsar os credores do dinheiro emprestado em 2009 e 2010 para pagar em 2014, 2015 e 2016.

"O facto de o maior partido da oposição apresentar uma moção de censura, sendo um direito parlamentar, constitui a nosso ver uma precipitação do ponto de vista do interesse nacional", declarou Nuno Magalhães, intervindo no debate quinzenal com o primeiro-ministro.

O líder parlamentar do CDS-PP salientou que se a moção de censura fosse aprovada no Parlamento, Portugal teria que enfrentar "esta difícil negociação sem Governo e mergulhado numa crise política".

Nuno Magalhães considerou que o anúncio da apresentação de uma moção de censura é uma "jogada mais ou menos taticista, mais ou menos política" do maior partido da oposição.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG