O Jogo ao Vivo

Política

Côa Parque é extinta sem sequer ser avaliada

Côa Parque é extinta sem sequer ser avaliada

Fernando Real, presidente da Fundação Côa Parque, reagiu com "espanto" ao anúncio de extinção do organismo que tem a seu cargo a salvaguarda e valorização do Vale do Côa, que é Património Mundial. É que esta fundação foi criada em março de 2011 e o Conselho de Administração tomou posse em setembro desse ano, já nomeado por este Governo.

Daí que Fernando Real não tenha dúvidas que está perante "uma decisão política", dado que, "como não tem um ano de funcionamento, não houve uma avaliação do desempenho da Fundação Côa-Parque" que possa justificar a sua extinção.

O Governo suporta 95% do orçamento da Côa Parque, cujo total é de 1,4 milhões de euros. "É equivalente ao que o IGESPAR gastava antes de ser criada a Fundação, pelo que não é com a sua extinção que vai economizar recursos", adiantou ainda, ao JN, o seu presidente.

Fernando Real supõe que a decisão de acabar com a Côa Parque "vai ter consequências" mas não acredita que possa significar o encerramento do Museu do Côa. "É um projeto que cruzou seis governos e o mandato de oito ministros da Cultura. Todos o acarinharam e não acredito que este Governo não tenha sensibilidade para lhe dar continuidade".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG