O Jogo ao Vivo

Política

Dois manifestantes ficam presos até irem a tribunal

Dois manifestantes ficam presos até irem a tribunal

Dois dos quatro detidos pela polícia no sábado à noite no decorrer da manifestação frente à Assembleia da República vão ficar presos até serem presentes a tribunal, esta segunda-feira, disse o porta-voz da PSP.

As outras duas pessoas foram libertadas e notificadas para comparecerem, também esta segunda-feira, em tribunal, acrescentou a mesma fonte, que se escusou a avançar mais pormenores sobre a situação.

As quatro pessoas foram detidas pela PSP na sequência de incidentes registados no largo frente ao Parlamento, para onde se deslocaram alguns milhares de pessoas após o fim da manifestação realizada em Lisboa, em que terão participado à volta de 500 mil pessoas, segundo os promotores da iniciativa.

A PSP deslocou para o local efetivos do Corpo de Intervenção, com cães e equipamento anti-motim, incluindo espingardas, que formaram um cordão e impediram os manifestantes de subirem as escadarias de acesso à Assembleia.

A situação gerou um clima de tensão entre polícias e manifestantes, que arremessaram, por diversas vezes, pedras da calçada, garrafas e tomates contra as forças de segurança.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG