Política

Dois "vices" do PSD votaram a favor da co-adoção e adoção por casais do mesmo sexo

Dois "vices" do PSD votaram a favor da co-adoção e adoção por casais do mesmo sexo

Dois vice-presidentes do PSD, Teresa Leal Coelho e Pedro Pinto, votaram, esta sexta-feira, a favor do projeto socialista sobre co-adoção por casais homossexuais, que foi aprovado, e dos diplomas rejeitados do Bloco de Esquerda e PEV sobre adoção.

Em contraponto às opções seguidas por estes dois membros da direção liderada por Pedro Passos Coelho, nas votações desta sexta-feira, na generalidade, o presidente do Grupo Parlamentar do PSD, Luís Montenegro, votou contra os quatro projetos em discussão, dois do Bloco de Esquerda e um do Partido Ecologista "Os Verdes" sobre adoção por casais do mesmo sexo, e um do PS a permitir a co-adoção.

No entanto, na direção do Grupo Parlamentar do PSD, quatro deputados votaram a favor dos projetos em discussão: Teresa Leal Coelho, Nuno Encarnação, Francisco Almeida e Luís Menezes.

Além dos deputados já citados, foram também decisivos para a aprovação do diploma do PS sobre co-adoção os votos dos sociais-democratas Mónica Ferro, Cristóvão Norte, Ana Oliveira, Conceição Caldeira, Ângela Guerra, Paula Cardoso, Maria José Castelo Branco, Joana Barata Lopes, Sérgio Azevedo, Odete Silva e Gabriel Goucha.