Política

Em estudo nova taxa sobre a carne para financiar incineração

Em estudo nova taxa sobre a carne para financiar incineração

O Governo quer acabar com a incineração indiscriminada de cadáveres de animais e admite criar uma taxa sobre a carne para ajudar a financiar este sistema, anunciou a ministra da Agricultura.

Assunção Cristas falava no debate da especialidade sobre o Orçamento do Estado para (OE2012) e respondia desta forma às dúvidas dos deputados do PCP e do PEV sobre as alterações neste sistema, que acusaram a ministra de "virar costas à sanidade animal".

"Não virámos costas à sanidade animal", garantiu, salientando que é preciso distinguir o que é, ou não, necessário incinerar, sem pôr em causa os regulamentos comunitários e a saúde pública.

"A incineração de cadáveres começou com as vacas, por causa da 'doença das vacas loucas' e neste momento estamos a incinerar tudo, até coelhos", afirmou a governante.

Assunção Cristas adiantou que o Ministério está a trabalhar num novo modelo de financiamento deste sistema para "não sobrecarregar tanto a despesa pública e os contribuintes".

Uma das hipóteses que está a ser estudada é a criação de uma taxa sobre a carne que pode vir a "onerar um bocadinho o consumidor", mas permite abranger a carne importada "que entra com preços mais baratos e, muitas vezes, não está sujeita às mesmas regras.

Outros Artigos Recomendados