Transportes

Empresas de transporte querem receber 60 milhões rapidamente

Empresas de transporte querem receber 60 milhões rapidamente

O presidente da associação de empresas de transporte disse, esta terça-feira, que espera receber rapidamente e na íntegra os cerca de 60 milhões de euros que os municípios lhes devem, na sequência do acordo entre autarquias e Governo.

"A Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Passageiros (ANTROP) ficou satisfeita com o anúncio de ontem [segunda-feira] do acordo entre o Governo e a Associação Nacional de Municípios, porque isso representa o primeiro sinal que este pesadelo das dívidas às empresas de transportes está a chegar ao fim", afirmou à Lusa o presidente daquela entidade.

Segundo Luís Cabaço Martins, o acordo conseguido "é uma boa notícia, no pressuposto de que seja cumprido".

O Governo e a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) acordaram, na segunda-feira, uma linha de crédito de mil milhões de euros para permitir o pagamento de dívidas a curto prazo das autarquias referentes a 2012.

"A partir de agora não há razão para que não sejam liquidadas na totalidade as dívidas que as autarquias têm para com as empresas de transportes", sublinhou o presidente da ANTROP, referindo que o montante da dívida é de cerca de 60 milhões de euros.

"É uma gota de água nesta linha de crédito, nesta quantia de mil milhões", sublinhou.

Lembrando que os operadores de transporte, "na sua esmagadora maioria, para não dizer na sua totalidade", têm assegurado "religiosamente todos os serviços de transporte sem receber qualquer quantia e com créditos muito antigos", Luís Cabaço Martins considerou que essa é uma forte razão para que as dívidas sejam agora todas liquidadas.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG