Política

Governo atrasou-se na renegociação com a "troika" e deve "ir embora"

Governo atrasou-se na renegociação com a "troika" e deve "ir embora"

O secretário-geral do PS considerou este sábado que o Governo está "atrasado dois anos" na renegociação com a "troika" das metas do défice para 2014, contrapondo que a solução para o país é o executivo PSD/CDS "ir embora".

António José Seguro falava aos jornalistas à entrada para a Convenção Nacional Autárquica do PS, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

Em declarações aos jornalistas, o secretário-geral do PS criticou o executivo por só agora estar a renegociar com a 'troika' (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional) a meta do défice para 2014, neste momento em 4%.

"O Governo vem atrasado dois anos. Desde outubro de 2011 que tenho defendido a necessidade de mais tempo (ao nível da consolidação orçamental), mas o Governo dizia que não era possível. Agora defende mais tempo, porque não conseguiu cumprir aquilo que prometeu aos portugueses", declarou o líder socialista.

Segundo Seguro, um Governo "que tanto pediu aos portugueses, que tantos sacrifícios impôs aos portugueses, mas que não cumpriu, não precisa de mais tempo" para cumprir as metas do défice.

"Esse Governo precisa de se ir embora", acrescentou o secretário-geral do PS.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG