Política

Governo que pôr ADSE a dar lucro

Governo que pôr ADSE a dar lucro

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou, esta sexta-feira, em Barcelos, que não é intenção do Governo fazer qualquer alteração ao diploma que prevê um aumento nos descontos dos trabalhadores para a ADSE, SAD e ADM e que foi anteontem quinta-feira pelo presidente da República, Cavaco Silva.

A dois meses de fechar o programa de assistência financeira, Passos Coelho não quer "reabrir a discussão" e quer "concretizar tão rapidamente quanto possível" o diploma, de modo a atingir o objetivo orçamental de 4%, como estava previsto e acordado com a troika. "Não vamos mudar o texto do decreto chumbado, porque qualquer alteração de substância ao documento obrigaria a reabrir a discussão e a negociação com a troika", explicou.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa