O Jogo ao Vivo

Política

Governo vai vender 60 quartéis e fortes

Governo vai vender 60 quartéis e fortes

Lisboa e Porto são os locais onde o Governo pretende vender instalações militares com mais peso imobiliário. A ideia é alienar património com a promessa de investimento em melhores infraestruturas.

Castelo do Queijo, no Porto, e o Hospital da Estrela, em Lisboa, são dois dos imóveis que o Governo quer alienar, num processo que entra na reestruturação das Forças Armadas, encetada pelo Ministério da Defesa. Com a verba conseguida, o Governo pretende arrecadar o valor suficiente para financiar o investimento de 32 milhões de euros em infraestruturas militares. O programa de modernização deverá manter-se por 12 anos, numa previsão de 20 milhões anuais, após 2016. No entanto, segundo foi salientado ao JN, são valores em termos absolutos e que poderão ser revistos ano a ano, consoante o contexto económico e de investimento.

Mais de 60 instalações militares vão entrar na lista para alienação, arrendamento, concessão ou permuta, onde o maior impacto vai ser em Lisboa, mas também no Porto e em Évora, se bem que o processo abranja todo o país, incluindo Faro, Figueira da Foz ou Valença.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa