PSD

Autarca de Almodôvar já não será o candidato do PSD a Beja

Autarca de Almodôvar já não será o candidato do PSD a Beja

António Sebastião, atual presidente da Câmara de Almodôvar, abrangido pela lei de limitação de mandatos, não será o candidato do PSD à Câmara de Beja. A decisão já foi debatida na Concelhia de Beja e na Distrital do PSD e vai ser tornada pública nos próximos dias.

Em causa está o facto do autarca procurar impor o seu vice-presidente, João António Palma, como o candidato do PSD em Almodôvar, quando a Concelhia local tinha aprovado o nome de Ricardo Colaço, presidente da estrutura e da Junta de Freguesia, e que fora homologada pela distrital em 10 de fevereiro.

O "desconforto" instalou-se no PSD quando António Sebastião prescindiu dos serviços de Rui Santana e Fernando Batista, respetivamente, chefe de gabinete e adjunto na Câmara de Almodôvar, que apoiaram a candidatura de Ricardo Colaço, em detrimento do candidato defendido pelo autarca.

Fonte da Concelhia de Beja, contactada pelo JN, garantiu que a situação não "era confortável", justificando que não "não fazia sentido" António Sebastião "estar com o corpo em Beja e a cabeça em Almodôvar", rematou.

A mesma fonte considerou que da parte do autarca houve a intenção de "condicionar" a decisão da concelhia de Almodôvar, acrescentando que "as estruturas e as suas decisões devem ser respeitadas".

Vai agora ser feito um convite "à primeira pessoa que tínhamos em mente para liderar este processo", disse, não revelando tratar-se de homem ou mulher.

No passado dia 15 de janeiro, a Assembleia da Secção de Beja do PSD tinha aprovado por unanimidade e aclamação o nome do presidente da única autarquia liderada pelo PSD no distrito, como o "melhor" candidato para Beja por ser uma pessoa "séria, honesta, com credibilidade e obra feita" na sua terra.

Ouvido pelo JN, António Sebastião afirmou "não fazer de momento comentários", reservando para mais tarde "qualquer explicação", caso algo "diferente venha a suceder".

A candidatura de António Sebastião (PSD) à Câmara de Beja depois de ter cumprido três mandatos na autarquia de Almodôvar, foi alvo de uma providência cautelar do Movimento Revolução Branca que o Tribunal de Beja considerou "inoportuna".

António Sebastião, antigo militante do PCP e vereador eleito em Almodôvar pela CDU, cumpre o terceiro mandato à frente da autarquia nas hostes do PSD, onde chegou como militante no final de março de 2008, tendo o então presidente do PSD, Luís Filipe Menezes assinado a proposta de adesão do edil ao partido "laranja" e entregue o cartão de militante.

ver mais vídeos