Política

Câmaras obrigadas a despedir mais em 2014

Câmaras obrigadas a despedir mais em 2014

Nos últimos três anos, as 308 autarquias do país cortaram em 10,7% o seu quadro de pessoal, acima dos 4% exigido pela troika. Apesar da perda de 15 mil funcionários, terão que fazer mais cortes em 2014.

Segundo dados do Sistema Integrado de Informação da Administração Local (SIIAL), no final de 2010, último ano antes da entrada da troika em Portugal, os 308 municípios do país tinham um total de 135.597 funcionários. Três anos depois, desceu-se para os 121.001 trabalhadores, o equivalente a uma redução de 10,7%.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.

Conteúdo Patrocinado