Política

Cavaco diz que atuou para evitar uma crise política

Cavaco diz que atuou para evitar uma crise política

Cavaco Silva justifica os seus silêncios no último ano de mandato, mas garante que agiu para evitar a crise governativa e garantir consenso social e político, recusando a facilidade de criticar o Governo.

Volta a ser justificado o tom que o chefe do Estado usa no Prefácio do Roteiros VII, intitulado "Um presidente em tempos de crise", no qual faz o balanço do último ano do segundo mandato, que este sábado se assinala.

A cada passo das 21 páginas do texto divulgado este sábado na página oficial da Presidência da República, Cavaco usa variações da expressão "eu avisei" para lembrar que alertou para os efeitos da crise - embora, já no final do documento, assuma que "a maior parte dos efeitos da magistratura presidencial (...) não é, realmente, suscetível de avaliação direta e imediata".

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa