Política

Cavaco Silva diz que é preciso "projetar" sinais de "confiança no futuro" do país

Cavaco Silva diz que é preciso "projetar" sinais de "confiança no futuro" do país

O Presidente da República defendeu, esta terça-feira, que o país precisa de "projetar" um sentimento de "confiança no seu futuro" e que o investimento no turismo de alta qualidade é "estratégico" para ajudar a resolver os problemas nacionais.

"O investimento que acabamos de inaugurar é um sinal de confiança no futuro do país e que vai contribuir para o aumento da exportação de serviços e portanto dar resposta a um objetivo estratégico de Portugal que é o reduzir a sua dependência externa", afirmou Cavaco Silva aos jornalistas.

O chefe de Estado falava à margem da inauguração de um hotel em Lisboa, depois de no seu discurso já ter sublinhado que "um investimento desta dimensão e criador de emprego é um sinal de confiança no futuro do nosso país que apraz registar".

Para Cavaco, o exemplo deste hotel do grupo Sana, já a funcionar e instalado na Torre Vasco da Gama, no Parque das Nações, é um sinal importante de "confiança no futuro do país" que "o país precisa de projetar".

"Não se fazem investimentos na ordem dos 200 milhões de euros [neste e noutros projetos do grupo Sana] sem uma perspetiva de futuro, sem a confiança de que o país será capaz de ultrapassar as dificuldades e que será capaz de atrair muitos visitantes de elevada qualidade e investimento", acrescentou Cavaco Silva, que discursou após o presidente do grupo Sana, Nazir Din, e do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa.

O Presidente da República, que aproveitou para saudar o "nascimento da freguesia do Parque das Nações", disse que "o turismo de alta qualidade é claramente uma mais-valia para Lisboa" e "um segmento" em que Portugal deve "apostar pela dimensão e pela riqueza da beleza paisagística".