Política

Francisco José Viegas sai do Governo por motivos de saúde

Francisco José Viegas sai do Governo por motivos de saúde

O secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, deixará o Executivo de Passos Coelho na próxima semana, a seu pedido, por razões de saúde.

"Por razões de saúde, o secretário de Estado da Cultura sai do Governo no final de outubro", disse João Villalobos, assessor de comunicação de José Viegas, ao JN.

O gabinete do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, contactado pela Lusa, sobre a saída do secretário de Estado e o seu eventual sucessor, disse "não ter comentários" a fazer.

Francisco José Viegas esteve internado no dia 15 de outubro, no Hospital da Boavista, no Porto, para observação durante 48 horas, depois de um "episódio de hipertensão", ocorrido na apresentação do projeto Balcão+Cultura, iniciativa da SEC e do IAPMEI, com a Fundação de Serralves.

Esta é a segunda saída do Governo de coligação PSD/CDS-PP, liderado por Pedro Passos Coelho, depois da substituição de Henrique Gomes, secretário de Estado da Energia, em março deste ano, por Artur Trindade.