Política

Líder do PS votou a favor dos projetos sobre co-adoção e adoção por casais do mesmo sexo

Líder do PS votou a favor dos projetos sobre co-adoção e adoção por casais do mesmo sexo

O secretário-geral do PS votou esta sexta-feira a favor do projeto socialista sobre co-adoção por casais do mesmo sexo e dos três diplomas do Bloco de Esquerda e Partido Ecologista "Os Verdes" sobre adoção por casais homossexuais.

Em fevereiro do ano passado, quando foram pela primeira vez reprovados projetos (idênticos) do Bloco de Esquerda e de "Os Verdes", António José Seguro esteve ausente das votações por se encontrar numa iniciativa partidária em Bragança.

Na primeira linha dos dirigentes do PS, o presidente do Grupo Parlamentar do PS, Carlos Zorrinho, votou a favor de 3 dos quatro projetos que subiram a plenário, abstendo-se num dos dois do Bloco de Esquerda.

Hoje, na bancada socialista, que deu liberdade de voto em relação a todos os projetos em discussão na generalidade, registaram-se menos votos contra e menos abstenções do que no ano passado.

Em relação ao diploma sobre co-adoção, João Portugal e António Braga foram os dois únicos deputados do PS que votaram contra e abstiveram-se Pedro Silva Pereira, José Junqueiro e Miguel Laranjeiro.

Face aos projetos do Bloco de Esquerda e "os Verdes" sobre adoção por casais do mesmo sexo, a ampla maioria dos deputados socialista votou a favor, com seis a levantarem-se contra (Pedro Silva Pereira, Laurentino Dias, João Portugal, António Braga, Miguel Laranjeiro e José Junqueiro) e três a optarem pela abstenção (Basílio Horta, Fernando Serrasqueiro e Renato Sampaio).