Política

Líder do CDS de Viana diz que IEFP dá emprego a "desempregados políticos"

Líder do CDS de Viana diz que IEFP dá emprego a "desempregados políticos"

O líder do CDS-PP de Viana do Castelo afirmou que o Instituto de Emprego e Formação Profissional "dá emprego a desempregados políticos", criticando a nomeação do vice-presidente da Distrital do PSD para diretor regional.

"Vem isto a propósito da nomeação de mais um militante e dirigente distrital do PSD para diretor do Centro de Emprego e Formação de Viana do Castelo, nomeação que nada tem a ver com competência, independência, eficiência ou outro qualquer motivo de interesse público", afirma Abel Baptista, em comunicado.

O líder da distrital do CDS refere-se à nomeação de Manuel Trigueiro, atual vice-presidente da estrutura congénere do PSD, para as funções de diretor regional do IEFP em Viana do Castelo.

"Convém dizer que esta nomeação político-partidária só tem o interesse de se colocar mais um militante do partido num local que, pelos vistos, deixou de estar ao serviço dos desempregados e da formação profissional de quem não tem emprego", afirma Abel Baptista, que é também deputado eleito pela região, nas listas do CDS.

A distrital do PSD do Alto Minho é liderada por Eduardo Teixeira, tendo como vice-presidente, além de Manuel Trigueiro, também Paulo Vale, nomeado há cerca de um ano para as funções de diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Viana do Castelo.

"Enquanto diretor nomeado não devo alimentar qualquer polémica, mas tenho de dizer que não sou desempregado e sim funcionário público em topo de carreira, professor de matemática", afirma Manuel Trigueiro.

Contudo, face a esta nomeação, o dirigente do CDS vai ainda mais longe, admitindo "surpresa" por verificar "que se recorre a pessoas estranhas ao próprio IEFP, a quem se vai pagar a remuneração da função, acrescendo assim despesa pública, quando sempre se pedem aos portugueses "enormes sacrifícios".

A isto acrescenta que o IEFP representa um serviço público "que deveria estar fora, como quase sempre esteve, das disputas partidárias", mas que "fica agora manchado com esta nomeação, uma nódoa desnecessária, no pano deste palco político difícil".

Já Manuel Trigueiro lembra que o próprio Abel Baptista foi, no passado, diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Viana do Castelo, durante o Governo de coligação (PSD/CDS) anterior.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG