O Jogo ao Vivo

BE

Louçã desafia Passos a revelar "enorme agravamento de impostos"

Louçã desafia Passos a revelar "enorme agravamento de impostos"

O líder do BE, Francisco Louçã, desafiou o primeiro-ministro a comunicar imediatamente ao país o "enorme agravamento de impostos que já negociou perante alguns" e "a dizer às vítimas o que já disse aos credores".

"Hoje, o Governo consagrou perante a Comissão Europeia e perante Durão Barroso um conjunto de medidas que são um colossal aumento de impostos que mantém escondido dos portugueses, é a resposta do Governo à decisão do Tribunal Constitucional e, sobretudo, à perda da sua proposta de retirar 7%, ou seja, um mês de salário a todos os trabalhadores para entregar às empresas", afirmou Francisco Louçã.

O coordenador bloquista, que falava durante uma conferência de imprensa em que apresentou uma moção de censura ao Governo, desafiou depois Passos Coelho "a apresentar-se hoje ou amanhã perante o país e a apresentar a todos aquilo que já negociou perante alguns, a dizer às vítimas o que já disse aos credores, a dizer a toda a gente, porque é assim a democracia, aquilo que propõe que seja o futuro deste sistema fiscal".

"Depois desta medida, o Governo apresenta como se fosse uma compensação um enorme agravamento de impostos que terá mais uma vez efeitos recessivos e destruidores", criticou.

Francisco Louçã afirmou ainda que "se o Governo não se apresenta", o BE "obrigará o Governo a que se apresente, perante os portugueses, perante todos, perante quem trabalha e vive em Portugal".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG