O Jogo ao Vivo

Política

Ministra da Justiça quer recuperar imóveis que foram vendidos

Ministra da Justiça quer recuperar imóveis que foram vendidos

A ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, garantiu este domingo que "tudo" fará para recuperar para a Justiça o Estabelecimento Prisional de Lisboa e o Tribunal da Boa-Hora, que foram vendidos.

"É preciso trazer para a Justiça aquilo que é da Justiça e o Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL) e a Boa-Hora são dois emblemas do judiciário", afirmou a ministra no final da tradicional visita de Natal ao EPL, cujo edifício foi vendido pelo anterior Governo à Estamo - Participações Imobiliárias por 62,2 milhões de euros, a pensar na construção da nova cadeia de Almeirim (orçada em mais de 100 milhões), mas a falta de recursos financeiros travou a edificação do novo projecto.

"O que eu gostaria era de reverter essa situação [venda dos edifícios]. É muito difícil, mas não baixo os braços", comentou, rematando: "Se não tentar é que não consigo".

Paula Teixeira da Cruz adiantou que a intenção não é fazer "obras faraónicas de novo", mas sim recuperar as actuais prisões.

Segundo a responsável, "há muitos estabelecimentos prisionais que têm uma larguíssima área de implantação e, portanto, é possível aumentá-los e recuperar celas que estão completamente degradadas".

"Se nós temos espaço nos nossos estabelecimentos prisionais, porque é que vamos fazer de novo em outros terrenos, com aquisições que são muito pesadas e, sobretudo, no momento em que vivemos?", questionou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG