Pedro Passos Coelho

Passos Coelho diz que PSD tem de ganhar "mais protagonismo"

Passos Coelho diz que PSD tem de ganhar "mais protagonismo"

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, disse, este sábado, que o partido tem de ganhar mais protagonismo e mais liberdade em relação ao Governo para os próximos desafios eleitorais.

À entrada para o segundo dia do Congresso do PSD, que termina no domingo em Lisboa, Pedro Passos Coelho reiterou que ainda não fez convites para a sua nova direção, apesar de já ter os nomes "na cabeça".

"Haverá pequenos acertos que serão, no entanto, importantes (...). Esta direção terá de estar concentrada nas eleições autárquicas, nas regionais dos Açores e numa certa autonomia de que o PSD precisa em relação ao Governo", disse, em declarações aos jornalistas, onde sublinhou que o partido precisa de "maior liberdade, maior protagonismo".

Questionado se confirma a continuidade de Matos Rosa como secretário-geral, o líder do PSD disse apenas: "Vamos Ver".

"Nós não temos muitas pessoas que estejam hoje no Governo e na Comissão Política Nacional mas é possível que haja aí alguns acertos", disse.

Sobre algumas expressões que utilizou no seu primeiro discurso - "está-nos a sair do lombo" -, Passos Coelho disse que esta foi a linguagem que escolheu "para ilustrar aquilo que" lhe parece "mais impressionante".

Outras Notícias