PCP

PCP desafia Cavaco a impedir a aprovação do Orçamento

PCP desafia Cavaco a impedir a aprovação do Orçamento

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, desafiou o presidente da República a, mais do que divulgar "recados e desabafos", usar os seus "direitos e prerrogativas constitucionais" para "impedir" a aprovação do Orçamento do Estado para 2013.

"Não bastam desabafos, não bastam recados", sublinhou o líder comunista, que discursava em Montemor-o-Novo, no encerramento de uma sessão pública promovida pelo partido, subordinada ao tema "Com o PCP defender o Poder Local de Abril".

No repto deixado ao presidente da República, Jerónimo de Sousa aludia às recentes críticas às políticas de austeridade feitas por Cavaco Silva, através de uma mensagem divulgada na sua página na rede social Facebook.

O secretário-geral do PCP disse ser "verdade" o que o presidente da República "escreveu no seu Facebook - que, assim, é impossível responder à redução do défice, com este ritmo a 'mata-cavalos'".

Mas, alertou Jerónimo de Sousa, "mais importante do que recados e desabafos, o que era importante era que o Presidente da República usasse os direitos e as prerrogativas constitucionais que tem, designadamente para impedir que este Orçamento do Estado para 2013 (OE2013) fosse para a frente".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG