Política

PCP pede audiência ao presidente da República

PCP pede audiência ao presidente da República

O PCP anunciou esta sexta-feira que dirigiu um pedido de audiência ao presidente da República, Cavaco Silva, na sequência das opções definidas no XIX Congresso do partido, que se realizou no passado fim de semana.

"O PCP dirigiu, hoje, ao presidente da República um pedido de audiência para expor, no quadro da grave e inquietante situação do país, aquelas que na opinião do PCP constituem as medidas e opções inadiáveis para responder aos problemas nacionais, que o XIX Congresso do PCP definiu", refere uma nota do gabinete do partido.

No Congresso do PCP, Jerónimo de Sousa, eleito por unanimidade para um terceiro mandato como secretário-geral, exigiu a demissão do Governo PSD/CDS-PP e a convocação de eleições antecipadas, consideradas "a saída legítima e necessária e para interromper o caminho de desastre do país".

O secretário-geral do PCP deixou também no Congresso fortes críticas ao PS, avisando que os comunistas procuram a "convergência de esquerda" mas não abdicam da sua identidade: "Ninguém peça ou exija ao PCP que deixe de ser o que é", afirmou.

O Congresso aprovou, com um voto contra e duas abstenções, entre 1240 delegados inscritos, a Resolução Política, que estabelece a estratégia do partido para os próximos quatro anos, e define a rutura com a 'troika' como "questão central" e "condição determinante" para construir uma alternativa de esquerda.

Em termos ideológicos, Jerónimo de Sousa sustentou que "nada pode inverter a marcha da História no sentido da emancipação social e humana" e que "nada pode impedir o triunfo da justa causa do socialismo e do comunismo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG