Política

PCP rejeita "falso dilema" entre mais impostos ou menos direitos sociais

PCP rejeita "falso dilema" entre mais impostos ou menos direitos sociais

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, rejeitou, esta sexta-feira, o "falso dilema" de os portugueses escolherem entre mais impostos e menos direitos sociais afirmando que o Governo está a fazer as duas coisas.

"Coloca a questão de saber se o país, se o povo português tem de escolher a árvore em que quer ser enforcado. Ou o aumento dos impostos ou a destruição das funções do Estado. É um falso dilema. Primeiro porque o Governo está a fazer as duas coisas. Em segundo lugar porque há uma alternativa", afirmou.

Intervindo no debate quinzenal com o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, Jerónimo de Sousa defendeu que a alternativa passa por "resgatar o país", pelo "respeito pelos salários de quem trabalha", pelo aumento da produção nacional e pela criação de riqueza.

Jerónimo de Sousa começou por perguntar ao primeiro-ministro como é que era capaz de se mostrar preocupado com a justiça social e distribuição da riqueza "sem corar", lembrando que a maioria PSD/CDS-PP rejeitou recentemente um projeto do PCP para o aumento do salário mínimo nacional, que constitui "uma referência" no objetivo da boa distribuição da riqueza.

"Deixe-se de declarações de intenções que disso está o inferno cheio. Essa injustiça tem a sua mão, tem a mão do Governo", acusou Jerónimo de Sousa.

Em resposta, o primeiro-ministro disse que o povo português "não quer as alternativas do PCP" porque isso seria lançar o país na pobreza durante décadas e criticou o PS por não apresentar qualquer alternativa.

"Em democracia há sempre alternativas, eu nem sei porque é que se diz que é em democracia, é em democracia e sem ser democracia. As alternativas são legítimas. As pessoas têm sempre alternativas mas é preciso saber quais elas são. Em Portugal há um partido que não tem apresentado nenhuma alternativa e era aquele que tinha mais responsabilidade de apresentar, que é o PS", criticou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG