Política

Portas diz que há trabalho "redobrado" a fazer na redução da despesa

Portas diz que há trabalho "redobrado" a fazer na redução da despesa

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, afirmou, esta quinta-feira, que há a fazer um "trabalho significativo, redobrado, para encontrar as medidas de redução de despesa" que permitam "moderar ou aliviar" a "carga fiscal".

"Quanto aquilo que o senhor ministro e das Estado das Finanças designou por aumento enorme de impostos, só há uma coisa a fazer: é um trabalho significativo, redobrado, para encontrar as medidas de redução de despesa, sobretudo do Estado consigo próprio, que permitam moderar ou aliviar essa carga fiscal", afirmou Paulo Portas aos jornalistas.

"Estou apenas a confirmar aquilo que o Governo tem afirmado a várias vozes e está expresso no memorando de entendimento", acrescentou.

O também líder do partido parceiro de coligação do PSD no Governo falava aos jornalistas no Parlamento, após o debate das moções de censura ao Governo, apresentadas pelo PCP e do BE.

"Eu considero que Portugal está numa situação de salvação nacional. Eu vejo a crise na Europa, olho para os problemas em Espanha, conheço a situação da Grécia, por isso compreendam que eu valorize a estabilidade que Portugal precisa para enfrentar os seus desafios que são difíceis", começou por dizer Paulo Portas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG