O Jogo ao Vivo

Política

PS afirma que PCP se "engana no adversário político" ao atacar socialistas

PS afirma que PCP se "engana no adversário político" ao atacar socialistas

O deputado Miguel Laranjeiro, membro do Secretariado Nacional do PS, acusou este domingo o secretário-geral do PCP de se "enganar no adversário político" ao atacar o Partido Socialista.

"O PCP tem-se especializado em tirar os fins de semana para atacar o PS, aliando-se à direita. Nós não nos enganamos no adversário político, que é o Governo de direita" e os partidos que o suportam, disse o deputado à agência Lusa.

Miguel Laranjeiro reagia às declarações proferidas pelo secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, num comício que realizou em Santarém.

O líder comunista lamentou não ver os socialistas a participarem no combate às políticas do atual Governo, acusando o PS de estar "corroído por uma insanável contradição: a de ter de parecer oposição mas no essencial estar de acordo com este rumo para o desastre".

Jerónimo de Sousa criticou o PS por "chutar" para a União Europeia "a resolução dos problemas para os quais não tem solução num quadro nacional", e de "ficar à espera sentado que o poder lhe caia no regaço enquanto outros lutam contra esta política e este Governo".

Miguel Laranjeiro afirmou que "foi o PCP que se levantou com o PSD e o CDS para derrubar o Governo" socialista de José Sócrates, sendo "também responsável pelo que está a acontecer", o que, frisou, "o país não esquece".

O membro do Secretariado Nacional do PS afirmou ainda não estranhar "uma atitude que não é nova", pois acontece "nomeadamente nas autarquias, onde o PCP faz alianças permanentes com o PSD para atacar o PS".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG