Política

PS: Conselho de Estado "é muito claro sobre o rumo que o País deve seguir"

PS: Conselho de Estado "é muito claro sobre o rumo que o País deve seguir"

O porta-voz do PS, João Ribeiro, alertou que o comunicado lido, este sabado de madrugada, no final da reunião do Conselho de Estado "é muito claro sobre o rumo que o País deve seguir".

João Ribeiro comentava as conclusões da reunião do Conselho de Estado, que durou cerca de oito horas e acabou com o anúncio de que o Governo admite recuar na alteração da Taxa Social Única (TSU).

"O PS entende que o conteúdo do comunicado é muito claro sobre o rumo que o País deve seguir e os portugueses são inteligentes e compreendem muito bem o conteúdo do comunicado. Tem é de ser lido com muita atenção", disse o porta-voz do PS, que não quis adiantar mais.

A reunião de sexta-feira, a mais longa do mandato de Cavaco Silva, terminou cerca da 01.00 hora com o anúncio de que o Governo informou o Conselho de Estado de que está disponível para, no quadro da concertação social, "estudar alternativas" à alteração da Taxa Social Única (TSU), segundo um comunicado lido no final pelo secretário do Conselho, Abílio Morgado.

No mesmo texto, o Conselho de Estado pede que as soluções encontradas para assegurar o cumprimento dos compromissos com as instâncias internacionais garantam "equidade" e "justiça" na "distribuição dos sacrifícios" e "a proteção das famílias de mais baixos rendimentos".

O órgão consultivo do Presidente da República defendeu igualmente que sejam empreendidos esforços para que "o saneamento das finanças públicas e a transformação estrutural da economia melhorem as condições para a criação de emprego e preservem a coesão nacional".