Política

PS critica mudanças no Governo "em plena discussão do orçamento"

PS critica mudanças no Governo "em plena discussão do orçamento"

O Partido Socialista afirmou esta quinta-feira que "não se entende" uma remodelação governamental "em plena discussão do orçamento", considerando que reforça a "imagem de instabilidade" no Governo, e destacou que o Executivo "aumentou".

O vice-presidente da bancada parlamentar do PS José Junqueiro sublinhou, em declarações à Lusa, que saíram dois secretários de Estado e entraram três, pelo que "o Governo aumentou".

Por outro lado, acrescentou, se no caso da secretaria de Estado da Cultura "se percebe" a substituição de Francisco José Viegas por motivos de saúde, já "não se entendem" as outras mudanças "em plena discussão do Orçamento do Estado".

Para os socialistas, afirmou, estes são "sinais que reforçam a imagem de instabilidade criada no Governo".

Em relação aos nomes escolhidos, José Junqueiro quis apenas "assinalar" que um vice-presidente do PSD, Manuel Rodrigues, vai ocupar a Secretaria de Estado das Finanças, podendo vir "a tratar das privatizações", escusando-se a fazer mais comentários.

O primeiro-ministro mudou esta quinta-feira três secretários de Estado, a segunda mexida no seu executivo em 16 meses de governação, estando agendada a posse dos novos governantes para sexta-feira às 12.30 horas, na Presidência da República, em Lisboa.

Os novos secretários de Estado são Jorge Barreto Xavier, para a Cultura, que substitui Francisco José Viegas, João Henrique Grancho, para o Ensino Básico e Secundário, substituindo Isabel Silva Leite, e Manuel Rodrigues, para as Finanças, uma pasta que é separada da do Tesouro e que continua a ser ocupada por Maria Luís Albuquerque.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG