Política

PS questiona Governo sobre quantos perderam o RSI por ter mais de 100 mil euros na conta

PS questiona Governo sobre quantos perderam o RSI por ter mais de 100 mil euros na conta

O PS anunciou, esta sexta-feira, que vai questionar o Governo sobre o número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção que ficaram excluídos dessa prestação social porque tinham mais de 100 mil euros na conta.

"O PS ainda hoje fará uma pergunta ao Governo que vai ter que explicar ao país através do parlamento quantos desses 100 mil beneficiários do RSI tinham 100 mil euros no banco", disse o deputado socialista Pedro Marques.

Pedro Marques falava aos jornalistas no parlamento, no final de uma interpelação do Governo do BE sobre o "pós-troika', onde o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas afirmou que as pessoas que deixaram de ter direito ao RSI ficaram excluídas dessa prestação social porque tinham mais de 100 mil euros na conta bancária, provocando o protesto da oposição.

Acusando Paulo Portas de populismo, o deputado do PS lembrou que o vice-primeiro-ministro falou das pessoas que tinham 100 mil euros na conta quando foi confrontado com a retirada do RSI a 100 mil beneficiários e a retirada do complemento solidário para idosos a 25 mil pessoas.

"O senhor [deputado socialista Pedro Marques] diz que uma série de pessoas saíram do RSI, esquece-se de dizer que essas pessoas deixaram de ter rendimento mínimo porque, por acaso, tinham mais de 100 mil euros na conta bancária", referiu Paulo Portas durante o debate, provocando uma ruidosa pateada de protesto.

Paulo Portas ainda disse que "quem precisa da ajuda do Estado continua a tê-la, o que há é uma condição de recursos para verificar se as pessoas além do RSI tinham outros rendimentos que significava, do ponto de vista da equidade, que devia deixar de o ter".