Política

PS reunido em Torres Vedras para preparar Governo alternativo para o país

PS reunido em Torres Vedras para preparar Governo alternativo para o país

O socialista Eurico Brilhante Dias sublinhou, este sábado, em Torres Vedras, que só o PS pode ser a alternativa do Governo, depois do atual executivo ter somado derrotas das eleições europeias e do chumbo do Tribunal Constitucional

"Depois da derrota histórica de domingo, ontem [na sexta-feira] o TC, pela oitava vez, chumbou medidas legislativas deste Governo. O país precisa de outro Governo e não há outro Governo sem o PS e essa é a grande responsabilidade que todos temos hoje: fazer do PS uma força política que seja verdadeiramente a alternativa que os portugueses exigem e sinalizaram no domingo passado", afirmou o membro do secretariado nacional do PS.

Eurico Brilhante Dias falava à entrada para a reunião da comissão nacional do partido, no Vimeiro, concelho de Torres Vedras, onde será decidio o futuro da liderança do PS, questionada por António Costa.

O socialista defendeu que o PS deve "fazer da vitória nas europeias a alavanca fundamental para dar aos portugueses uma solução sólida de Governo".

Também à entrada da reunião, o presidente da Federação Distrital do Porto, José Luís Carneiro, disse ter concordado com a decisão de António José Seguro em comunicar se vai ou não convocar o congresso na reunião da comissão nacional e não "na opinião pública".

"Revela respeito pela vontade dos militantes e pelas fundações da sua legitimidade e se nós cavarmos as bases da democracia dentro do partido, estaremos também a cavar as bases da democracia representativa no próprio país", disse.

A Comissão Nacional do PS reúne-se, este sábado, em Torres Vedras para decidir se convoca eleições diretas para a liderança e congresso extraordinário, após desafio de António Costa em relação ao qual António José Seguro terá posição determinante.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG