Política

PSD espera apuramento de "responsabilidades" nas PPP

PSD espera apuramento de "responsabilidades" nas PPP

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, desejou que "haja rapidez" na investigação criminal às parcerias público-privadas e que "se tirem conclusões" e se "apurem responsabilidades".

"Nós registámos essa notícia pública de que decorre uma investigação criminal a esse propósito e mais não podemos do que esperar que haja diligência, que haja rapidez nessa investigação, que se tirem conclusões e que se apurem responsabilidades", afirmou Luís Montenegro aos jornalistas.

O líder parlamentar do CDS-PP, Nuno Magalhães, recusou, contudo, qualquer comentário, justificando a "doutrina fixa" dos democratas-cristãos em não comentar "processos judiciais em curso, sejam eles quais forem".

Os líderes parlamentares dos partidos da maioria falavam à margem de uma conferência de imprensa para a apresentação de um projeto de lei de alteração à lei do financiamento dos partidos e das campanhas eleitorais.

A Polícia Judiciária efetuou, na terça-feira, buscas nas casas dos ex-ministros das Obras Públicas Mário Lino e António Mendonça, e do ex-secretário de Estado Paulo Campos, confirmou à Lusa fonte judicial.

De acordo com a mesma fonte, foram também realizadas buscas na casa de uma vogal do conselho de administração das Estradas de Portugal e ex-adjunta de António Mendonça.

As buscas foram efetuadas no âmbito de um inquérito crime às Parcerias Público Privadas, a decorrer no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) e tinham por objetivo a procura e apreensão de documentos.