O Jogo ao Vivo

Política

Seguro considera Orçamento "uma trapalhada" com constantes avanços e recuos

Seguro considera Orçamento "uma trapalhada" com constantes avanços e recuos

O secretário-geral do PS, António José Seguro, afirmou, sexta-feira à noite, que o Orçamento do Estado tem sido "uma trapalhada", referindo que vai ser lançada uma "bomba atómica fiscal" sobre os portugueses que vai empobrecer ainda mais o país.

"É mais um recuo. O Governo apresenta uma proposta, depois recua, depois avança, este orçamento tem sido uma trapalhada. Mas maior trapalhada é o que o Governo quer fazer, uma bomba atómica fiscal a ser lançada sobre os portugueses, empobrecendo ainda mais e lançando famílias para a pobreza e exclusão", disse aos jornalistas, após participar numa iniciativa da distrital do PS/Setúbal, no Montijo.

António José Seguro referiu que o Governo "está a dar cabo da classe média", considerando que é uma situação "inaceitável e intolerável", e referiu que não souberam aprender com os erros cometidos.

"Trata-se de uma opção ideológica, não há outra explicação. Depois dos resultados serem os que conhecemos, em que as consequências são aumento do desemprego, a quebra da economia e o empobrecimento do país, o que seria normal num Governo inteligente era mudar de caminho", referiu.

O secretário-geral do PS afirmou que o executivo está a "teimar e a ser persistente no mesmo caminho e receita", explicando que vão ser lançados de novo "níveis de austeridade elevadíssimos nos portugueses".

"Os portuguese vão pagar no próximo ano 2,5 mil milhões de euros, para pagar os erros da má governação do Governo este ano. As pessoas não podem mais, a linha de dignidade de muitas pessoas já está ultrapassada e é inaceitável esta logica de empobrecimento ", salientou.

António José Seguro garantiu que está empenhado em mostrar ao Governo que "tem que mudar de caminho".

PUB

"Vamos votar contra o Orçamento do Estado (OE2013) e vamos apresentar propostas no sentido de aliviar os sacríficos das famílias e das empresas", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG