Política

Telmo Correia no Conselho Nacional e Anacoreta candidato contra Portas

Telmo Correia no Conselho Nacional e Anacoreta candidato contra Portas

Paulo Portas anunciou, este domingo de madrugada, que Telmo Correia, vice-presidente da bancada dos centristas, é candidato ao Conselho Nacional e que António Pires de Lima, que desde 2007 presidia à mesa do mesmo órgão, vai integrar a lista. Antes disso, já Anacoreta Correia havia revelado que disputa com Portas a liderança.

O presidente do CDS confessou que tentou convencer Pires de Lima a manter-se no lugar, mas acabou por respeitar a decisão do atual ministro da Economia de abandonar o cargo.

Paulo Portas aproveitou ainda o último discurso da noite para reiterar a coligação para as europeias. "Não vejo como seria gerível que na última etapa do programa [de assistência financeira], que ainda tem alguns obstáculos", os dois partidos que suportam o Governo concorressem separados nas eleições europeias, argumentou o presidente do CDS. Para Paulo Portas, provocaria "tensão e desgaste", que seria aproveitado pela Oposição.

A nível interno, Portas garantiu que sempre procurou "fazer inclusão". Porém, Filipe Anacoreta Correia, acusou-o do contrário, lamentando que não tenha manifestado abertura para acolher a sua moção.

Oposição interna

Filipe Anacoreta Correia, líder do movimento Alternativa e Responsabilidade anunciou, ao início desta madrugada deste domingo, no congresso do partido, que é candidato à liderança do CDS. "A nossa moção [Ao Serviço de Portugal] vai a votos e saberemos tirar disso todas as consequências", afirmou.

Anacoreta Correia justificou a decisão com os "ecos" que lhe chegaram "do coração de muitos militantes e eleitores já descrentes, mas que ainda batem e transmitem alguma esperança".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG