segurança

Carteiro desvia cartões bancários e saca 44 mil euros

Carteiro desvia cartões bancários e saca 44 mil euros

Em ano e meio, um carteiro do Porto desviou da correspondência cartões bancários, com os respetivos códigos, pertencentes a moradores da área que lhe estava atribuída. Levantou cerca de 44 mil euros.

O Departamento de Investigação e Ação Penal do Ministério Público do Porto acusa o carteiro, de 47 anos, residente em Rio Tinto, Gondomar, de violação de segredo de correspondência, abuso de cartão de garantia e burla informática, entre junho de 2007 e novembro de 2008, altura em que foi despedido.O esquema era simples. O funcionário dos CTT recebia as cartas com os cartões de crédito ou de débito no Centro de Distribuição do Porto, para serem entregues nas caixas de correio dos moradores da área que lhe era confiada. Mas o que acontecia, segundo o Ministério Público, era que ele ficava com os cartões e esperava que o banco enviasse para as mesmas moradas os respetivos códigos. Com cartão e código restava-lhe apenas ir a um multibanco e levantar o dinheiro.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG