segurança

Comissão de Utentes condena "atentados" contra estruturas de cobrança de portagens

Comissão de Utentes condena "atentados" contra estruturas de cobrança de portagens

A Comissão de Utentes da Via do Infante condenou, este domingo, os "atentados" contra as estruturas dos pórticos de cobrança de portagens na A22, um dia depois de ter sido danificada uma caixa de passagem de cabos de fibra óptica.

"Repudiamos quaisquer actos de vandalismo ou acções que ultrapassem a luta pacífica e legal", disse, este domingo, à Agência Lusa João Vasconcelos, reafirmando a posição do movimento cívico "em continuar a luta" contra o pagamento de portagens de forma legal".

Uma caixa de passagem de cabos de fibra óptica para o sistema electrónico dos pórticos da A22 no Algarve foi danificada no sábado, junto ao nó de Boliqueime, naquele que é o terceiro incidente contra as estruturas desde a introdução da cobrança de portagens a 8 de Dezembro.

No dia 13, desconhecidos incendiaram e dispararam tiros de caçadeira contra o pórtico instalado entre Algoz e Guia, provocando ferimentos ligeiros a um funcionário da concessionária Euroscut.

O incidente ocorreu dias depois de um outro, contra um pórtico de cobrança de, junto ao nó de Boliqueime, que danificou uma estrutura de apoio com meios informáticos.

"Apelamos aos cidadãos para manifestarem a sua indignação contra os pagamentos, mas devem fazê-lo de forma ordeira e pacífica", disse Vasconcelos.

O representante do movimento cívico defende "uma investigação rigorosa" para apurar os autores dos atentados "para que sejam levados à justiça".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG