O Jogo ao Vivo

segurança

Condenado jovem que esfaqueou quatro pessoas em escola de Massamá

Condenado jovem que esfaqueou quatro pessoas em escola de Massamá

Menor que esfaqueou três colegas e uma funcionária numa escola de Massamá, em outubro de 2013, foi condenado, esta terça-feira, pelo Tribunal de Família e Menores de Sintra a dois anos e seis meses em regime fechado.

A pena refere-se a três crimes de homicídio qualificado na forma tentada e um crime de detenção de arma proibida.

A 14 de outubro de 2013, o jovem, com duas facas de cozinha e um 'spray' de gás pimenta na mochila, segundo a PSP, terá feito explodir um 'very light' num dos pavilhões da Escola Secundária Stuart Carvalhais, provocando a saída dos alunos das aulas e começando a esfaqueá-los.

Segundo informação policial, o jovem, de 15 anos, que acabou por esfaquear três colegas e uma funcionária, pretendia "imitar um massacre e matar, pelo menos, 60 pessoas", de acordo com uma folha A4 que se encontrava na mochila do menor quando este foi detido.

O suspeito referiu às autoridades que pretendia "imitar um massacre", dando como exemplo os casos do Instituto de Columbine e o da escola primária Sandy Hook (ambos nos Estados Unidos da América), culminando o plano com a sua "fuga e suicídio".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG