segurança

Detidos por extorsão à estilista Micaela Oliveira ouvidos em tribunal

Detidos por extorsão à estilista Micaela Oliveira ouvidos em tribunal

Os três detidos pela GNR por suspeitas da extorsão de 24 mil euros à estilista de moda Micaela Oliveira são esta quarta-feira ouvidos no Tribunal de Santo Tirso.

Um dos indivíduos, de 19 anos, foi detido, terça-feira, pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Santo Tirso, à saída do ateliê da estilista, na Trofa, onde tinha ido buscar o dinheiro. No exterior, aguardavam-no o pai e uma mulher, ambos de 50 anos.

O caso está relacionado com questões do foro privado da empresária, que estava há algum tempo a ser alvo de chantagem e denunciou a situação às autoridades.

A GNR vigiou o encontro para a entrega do dinheiro e apreendeu diversos telemóveis e material informático que poderão conter provas da extorsão à empresária, conhecida por vestir figuras públicas como Rita Pereira, Cristina Ferreira e Sónia Araújo.

Em comunicado divulgado esta quarta-feira, Micaela Oliveira confirmou ter apresentado uma queixa-crime por extorsão, esclarecendo que os factos nada têm a ver com a sua atividade profissional, mas sim com a sua "vida privada e familiar", mais concretamente com a filha, de 18 anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG