segurança

Ex-freiras acusam padre de as tentar atropelar

Ex-freiras acusam padre de as tentar atropelar

Artur Parreira, ex-pároco de Alfândega da Fé e de Cerejais, é acusado de tentativa de homicídio e ameaças, por duas ex-freiras, Deolinda Serra e Idalina Joaquim. O processo está na fase de instrução.

Deolinda Serra, de 50 anos, alega ter sido vítima de tentativa de atropelamento, enquanto Idalina Joaquim, na casa dos 70, afirma que sofreu ameaças de punho cerrado, a 7 de janeiro de 2012, num contexto de divergências sobre a gestão do Santuário de Cerejais. Uma réplica do Santuário de Fátima que gera receitas substanciais.

Idalina e Deolinda tinham ido às compras a Alfândega da Fé e, após estacionarem o carro junto de casa, em Cerejais, terá surgido a viatura do arguido Artur Parreira, de 80 anos.

PUB

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG