segurança

Governo Regional protesta contra escolha da GNR

Governo Regional protesta contra escolha da GNR

O Governo Regional da Madeira reagiu esta segunda-feira às buscas efetuadas no edifício da ex-secretaria do Equipamento Social da Madeira questionando a escolha da GNR para proceder às diligências e acusando o DCIAP de "falta de discrição" e de causar "alarme social".

De acordo com um comunicado emitido ao início da tarde desta segunda-feira e assinado pelo adjunto de Imprensa, Paulo Pereira, o Governo Regional confirma que "um órgão de investigação criminal da República Portuguesa, denominado DCIAP, instaurou um inquérito ao que ele próprio inespecificamente denominou de "«contas da Madeira»".

O documento salienta que não está em causa tal direito mas "protesta pela falta de discrição verificada e pelo alarme social estabelecido na operação montada no edifício da antiga Secretaria Regional do Equipamento Social".

O Governo regional diz que a agitação criada em torno da operação é "passível de análise política no momento que decorre" e termina questionando o recurso à GNR que considera ter "limitadas competências no território autónomo" face a "outras instituições policiais com provas dadas neste domínio".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG