Crime, lei e justiça

Idoso suspeito de sequestro e abuso sexual de jovem durante dois meses

Idoso suspeito de sequestro e abuso sexual de jovem durante dois meses

Um idoso de 80 anos foi detido e outro de 79 foi constituído arguido na Amadora por suspeita de terem sequestrado, mantido refém e abusado sexualmente durante dois meses de uma jovem de 22 anos.

De acordo com esta autoridade policial, o homem foi detido na terça-feira, às 19.15 horas, na sequência de uma denúncia que dava conta de uma situação de sequestro numa residência na Amadora.

Quando a polícia chegou ao local, um dos suspeitos terá afirmado que não se encontrava mais ninguém em casa, até que a jovem surgiu junto dos agentes e solicitou ajuda, alegando que estava na habitação contra a sua vontade e sob ameaça de uma arma de fogo.

A jovem terá dito aos agentes da polícia que se encontrava sequestrada nessa habitação há cerca de dois meses e que sofria abusos sexuais por parte do idoso e de um vizinho de 79 anos, disse fonte da PSP à Lusa.

Por vezes, a vítima podia sair à rua, mas era acompanhada por um dos dois homens que, sob ameaça de arma de fogo ou de arma branca, a impedia de solicitar auxílio.

Segundo a polícia, sempre que o suspeito recebia visitas da família ou de amigos, mantinha a vítima numa pequena arrecadação no quintal, fechada a cadeado.

A PSP fez uma busca domiciliária naquela residência e apreendeu uma pistola, um carregador, cinco munições, uma catana e duas facas de ponta e mola.

O suspeito detido não tem antecedentes criminais e vai ser presente a tribunal na quinta-feira para primeiro interrogatório judicial. O vizinho de 79 anos foi constituído arguido.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG