segurança

Acusados de desviar para luxos 250 mil euros de apoios sociais

Acusados de desviar para luxos 250 mil euros de apoios sociais

Ordenados chorudos, roupas, restaurantes, prendas e férias no Algarve. Uma pequena fortuna foi desviada dos cofres da Cruzada do Bem, pela presidente, filhas e genro. Parte do dinheiro veio da Segurança Social para apoiar infantários e lares de idosos.

Durante seis anos, a gestão desta instituição particular de solidariedade sediada no Porto foi depauperada em pelo menos 248 mil euros que deixaram de ser aplicados nos 18 infantários e lares de idosos espalhados pelo Norte do país, destinados a utentes carentes de apoio social.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa