segurança

Arma do comandante furtada do posto da GNR do Cartaxo

Arma do comandante furtada do posto da GNR do Cartaxo

Uma arma de serviço da GNR desapareceu do interior do posto da GNR do Cartaxo, havendo fortes suspeitas de que se trate de um furto, segundo soube o JN junto de várias fontes.

O comando da GNR de Santarém, onde o posto está integrado, confirmou o "desaparecimento" da arma mas não quis dar mais pormenores, remetendo o caso para as relações-públicas do Comando-Geral da GNR.

As relações-públicas, por seu turno, não quiseram pormenorizar as condições que rodearam o desaparecimento da arma, mas adiantaram que o caso tinha sido enviado para o Ministério Público (MP), que irá tutelar as investigações.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Imobusiness