segurança

Ex-autarca de Moncorvo e mulher morrem em pacto suicida

Ex-autarca de Moncorvo e mulher morrem em pacto suicida

O anterior presidente da Câmara de Torre de Moncorvo, Aires Ferreira, e a ex-mulher, Alice Brito, foram encontrados mortos a tiro, terça-feira, em casa dela, naquela vila. Gravemente doentes, escolheram a forma de morrer. Juntos.

Ambos deixaram mensagens a explicar o que faziam e porquê. Fernando Aires Ferreira, 59 anos, e a ex-mulher, Alice Brito, de 55, foram encontrados mortos cerca do meio-dia, na casa de Alice, na Rua do Castelo, em Torre de Moncorvo.

Não haverá grandes dúvidas quanto à razão de ambas as mortes e quanto às circunstâncias. Aires Ferreira terá matado a mulher com um tiro de pistola na nuca e depois acabado com a própria vida.

O ex-autarca terá deixado um recado à empregada, na sua casa, na zona das Aveleiras, noutro ponto da vila, recomendando que quando fosse para a casa da ex-mulher - a funcionária trabalhava em ambas - fosse acompanhada da GNR. Quando as autoridades chegaram à residência, Fernando e Alice já estavam mortos.

No local havia duas cartas, nas quais o ex-autarca dava várias orientações e explicava à GNR o sucedido, afastando qualquer suspeita de crime. Alice terá deixado igualmente missivas sobre as razões do suicídio.

Segundo o JN apurou, o ex-autarca até na morte manteve o seu espírito metódico e ordenado, deixando várias orientações, nomeadamente que o seu automóvel devia ser entregue ao banco e até pormenorizando a roupa com que queria ser enterrado.

"Todos os indícios apontam para um homicídio seguido de suicídio planeados pelas vítimas ", disse ao JN fonte policial. Esta é a tese em que também acreditam pessoas próximas do casal.

De novo juntos

Maria Ferreira, prima de Aires Ferreira, não consegue arranjar outra explicação que não esta, tanto mais que Fernando e Alice até teriam reatado a relação recentemente. "Mesmo após o divórcio eles sempre mantiveram a amizade e a proximidade", referiu esta familiar.

Nos últimos tempos, o casal era visto junto em locais públicos naquela vila, tudo indicando igualmente que Aires Ferreira também estaria a ajudar Alice financeiramente, uma vez que a ex-mulher tinha pedido um ano de licença sem vencimento das suas funções na Câmara de Torre de Moncorvo, onde era funcionária há cerca de duas décadas.

Nos últimos tempos, o ex-autarca andava com um aspeto mais deprimido, mas nada deixava antever este desfecho trágico. Um amigo, que preferiu não ser identificado, disse que jantou com ele na sexta-feira passada "e estava normal".

Esta segunda-feira, Aires Ferreira faltou à reunião da Comissão Política Distrital do PS de Bragança, partido de que era militante e presidente da Comissão Concelhia de Torre de Moncorvo. Mas ligou ao presidente da Federação justificando a sua ausência "por estar adoentado".

Fernando Aires Ferreira, 59 anos, nasceu no Porto mas manteve sempre uma grande ligação a Torre de Moncorvo, visto que o seu pai era natural do Felgar. Após ter concluído o curso de engenharia civil trabalhou no Gabinete de Apoio Técnico da Câmara de Moncorvo, bem como em Bragança, na antiga Sub-região de Saúde. Desde cedo se fez militante do PS e em 1985, com apenas 29 anos, candidatou-se à Câmara de Moncorvo e ganhou. Manteve-se no poder até às últimas autárquicas, cumpriu sete mandatos consecutivos. Em 2013 já não foi candidato por ter ultrapassado o número de mandatos permitidos.

Conheceu Alice Brito, 55 anos, natural do Porto, nesta cidade, visto que os pais dela tinham um café junto à casa dos pais dele. Estiveram casados cerca de 25 anos.

Alice era funcionária da Câmara de Moncorvo. Nos últimos anos dos mandatos de Aires Ferreira, a ex-mulher era a diretora da Escola Sabor Artes, em Torre de Moncorvo. Há muito vinham mantendo um percurso profissional próximo. Quando Aires Ferreira pediu a suspensão do seu mandato como autarca há uns anos para ocupar o lugar de chefe de gabinete do antigo secretário de Estado do Ambiente, Ricardo Magalhães, Alice foi trabalhar para o mesmo organismo. Fernando e Alice estavam divorciados.

ver mais vídeos