segurança

Inquilino mata cobrador de rendas à martelada

Inquilino mata cobrador de rendas à martelada

António Novo, 58 anos, foi assassinado à martelada, durante um encontro com um inquilino com rendas em atraso, ao princípio da noite de anteontem, num prédio do Largo Padre António Vieira, em Rio de Mouro, Sintra. O inquilino, de 22 anos, entregou-se ontem à PSP, por volta das 16 horas, e foi detido pela Polícia Judiciária.

A vítima tem procurações de vários senhorios para proceder à cobrança das rendas e tudo aponta para que tenha sido vítima de uma armadilha, quando se apresentou no local do encontro, um apartamento pertencente a uma família angolana, a residir em Massamá. Na casa, viviam dois jovens, irmão e irmã, que pagavam 400 euros de renda. Ele é o suspeito do homicídio.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.